Thursday, April 19, 2007

Sina de escritor

O problema de quem escreve é se acostumar com a posição de narrador e não saber bem ser personagem. Quem escreve quer ver as questões alheias por todos os ângulos e ouvir todas as opiniões… e as personagens costumam permitir que isto aconteça, afinal, sabem que escritores não farão outro uso desta informação além de reuní-la toda e organizar da maneira mais emocionante possível, apenas para apreciação passiva.

Digo apreciação passiva, mas com isto não quero dizer que aquele que escreve vive sempre passivamente. Alguns costumam exercer grande influencia no mundo, mas normalmente apenas para tornar a história alheia mais empolgante ( ah! e que sensação fantástica a de quem escreve a história alheia! Sensação de ser o Deus por trás de suas vidas, a razão desconhecida que rege tais existências).

É claro que não é preciso abrir mão da própria existencia como personagem para ser narrador, lembre-se que há as narrativas em primeira pessoa. O problema destas é que a maior parte da ação se desenrola no plano psicológico.

5 Comments:

Blogger Guga Caldas said...

Vai lá, rapaz. Entra na história!

6:43 PM  
Anonymous yuri sena said...

Harry, se voc~e sair da filosofia para ir para a história eu te mato.

10:03 PM  
Blogger Sr. Nuno said...

Bem, Scherman, acho que a minha produção literária não ultrapassa a marca de duas publicações. Mas, passe por lá às vezes, certo?! Como sempre pensando coisas interessantes, mas acho que você começa a ficar sério. Cuidado com o Portal da Filosofia!!!

5:23 PM  
Anonymous Miyuki ^^ said...

Oi :D

9:39 AM  
Blogger Camila said...

Sim, fiquei surpresa com seu comentário! Bem surpresa! E surpresa no bom sentido.

Voce tem uns textos muito legais! Pq parou de postar? É uma pena!! Se algum dia postar de novo, me avise, por favor!

Beijinho!

8:00 PM  

Post a Comment

<< Home